Pulo do Gato completa 20 anos e projeta fase final na Liga Paulista de Futsal

Por Diogo Betin

No ano em que completa 20 anos de atividades, o Pulo do Gato planeja comemorações como festas no estádio, programa sócio-torcedor, venda de materiais e o mais importante, a chegada à fase final da Liga Paulista de Futsal. Para que isso aconteça, o plantel do time foi qualificado, tendo como estrela principal, o ex-jogador de campo, Amoroso. Segundo ele, a adaptação do campo para o salão foi fácil.

“Eu comecei no futsal, fui salonista praticamente dos oito anos até os treze antes de começar no campo, então não tive muita dificuldade, principalmente porque o showbol, depois que eu parei de jogar profissionalmente, me deu  essa possibilidade de poder me readaptar no futsal e foi o que aconteceu. A marcação, o tempo de jogo e a movimentação no showbol  me facilitaram para que no futsal eu me adaptasse”, revelou a nova estrela do time.

Amoroso revela quais são, na sua opinião, as pretensões do clube na Liga Paulista de Futsal.

História
Camisa 10 – foi esse o primeiro nome do time de futsal Pulo do Gato, fundado no dia 20 de maio de 1993, pelos amigos Jefferson Novaes (Jeffo), atual presidente e treinador do time principal e Sandro Rodrigues (Sandrinho), atual preparador físico do elenco principal. Na gestão que segue,  somam-se a eles: Jaime dos Santos (Gatinho), presidente fundador e de honra, Cezar de Castro (Cezinha), vice-presidente financeiro e Amoroso, vice-presidente técnico.

Com a ideia despretensiosa de montar um time, Jefferson reuniu-se com Sandro e os dois decidiram colocar em prática a iniciativa. “Eu tinha um time que chamava Camisa 10 e aí abriu o bar do Pulo do Gato no bairro, foi quando eu falei com o proprietário para ele nos dasse uniforme. Ele respondeu para colocar o nome do bar dele no time já existente e assim que ficou, isso em 1993. A sede era na Rua Rio Grande do Sul, no São Bernardo, mesma rua do bar”, contouJefferson ao comentar a troca do nome do time e sua antiga localização. Hoje se situa no mesmo bairro, porém duas ruas acima, local em que os atletas ficam alojados.

Jefferson Novaes durante jogo do Sub 11
Jefferson Novaes durante jogo do time Sub 13

Desde sua existência, o time do Pulo do Gato conta com uma extensa lista de resultados expressivos e títulos: cinco títulos estaduais entre todas as categorias, mais de oito vices, oito títulos de dez disputados dos Jogos Regionais, três conquistas em série Prata nas categorias menores e duas semifinais em série Ouro.

Para Jeffo, houve um resultado que foi uma conquista para o elenco. “O maior título do Pulo do Gato não foi um título, foi ter chegado à final do Metropolitano da divisão especial na categoria adulto, em 2011, que nós perdemos para a AABB. Esse foi o maior resultado em termos de expressão, pois é o campeonato mais forte do Estado, que disputavam todos os times da elite”  declarou.

As categorias de base do time sempre revelaram bons jogadores que seguiram no futsal ou migraram para o campo, entre eles estão: Gustavo, zagueiro, ex-jogador do Palmeiras e Cruzeiro e atualmente no futebol chinês, Roger, ex-atacante da Ponte Preta e atual jogador do Sport e Rodrigo Kabeça, melhor fixo do mundo e atualmente no time do Carlos Barbosa e da Seleção Brasileira.

Com média de mil torcedores por jogo, o Pulo do Gato planeja atrair ainda mais torcedores para seu estádio, mas para isso ocorrer, deve haver um planejamento elaborado. André Montejano, assessor de imprensa do time, explica que tudo deve ser feito com cuidado. “Existem vários planos e estratégias que já saíram do esboço e estão em prática, mas isso não é um processo tão rápido, precisa atravessar etapas para que nada dê errado no futuro” disse.

O time conta com o patrocínio master da Wizard, com a ajuda da Prefeitura desde 2006 através do Fundo de Investimento Esportivo (FIEC) e com a colaboração dos torcedores nas compras de rifas e na presença em bingos e festas feitas pelo clube. Mas ainda assim ficam em déficit no orçamento final, devido ao alto custo em manter o time principal e as categorias de base, que são seis no total.

Treinamento do time princpal do Pulo do Gato
Treinamento do time principal do Pulo do Gato

Jefferson acredita no potencial do time e vislumbra uma semifinal. “Eu acho que nós temos time para chegar entre os oito. Classificar entre os dezesseis, tentar passar as oitavas e chegar entre as quartas. A partir daí, depende muito do cruzamento, porque nós estamos tendo um início difícil, devido ao número de atletas lesionados, mas dá pra sonhar com uma semifinal ”, finalizou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s