Roteiro Cacau com Dendê completa 10 anos

 Por Juliana Figueiredo       

O roteiro Baiano “Cacau com Dendê”, completa neste mês de março,  10 anos de existência. O projeto, que nasceu da união de empresários a partir de estudos da Fundação Getúlio Vargas, tem o intuito de regionalizar o turismo e facilitar o acesso a algumas das mais belas praias do Brasil. O roteiro, que inclui os municípios de Maraú, Itacaré e Ilhéus, é  perfeito para quem busca aventura, surf, trilhas e contato com a natureza.

Pôr do sol visto de Barra Grande, Península de Maraú.
Pôr do sol visto de Barra Grande, Península de Maraú

Ilhéus, a terra onde morou Jorge Amado, é o ponto de partida do percurso que, ao desenrolar, mostra um litoral de praias cristalinas e ilhas quase intocadas. Após passar pelos clássicos Bar Vesúvio, Cabaré Bataclan e a histórica Praia dos Milionários, o roteiro segue para Itacaré, área de montanhas recobertas por mata que comportam praias com o acesso apenas por trilhas. Algumas dessas praias são escolhidas para campeonatos internacionais de surf. É o exemplo da praia de Tiririca, que sediou as seletivas do “Quiksilver King of the Groms.

O último lugar do roteiro é a Península de Maraú, que está na lista dos destinos escolhidos pela Coca-Cola em sua nova campanha “Quanto mais viagem melhor”, que visa promover a versão zero do refrigerante. A campanha indica 80 destinos nacionais e 20 internacionais, eleitos pela marca, os mais belos do mundo.

Além disso, a península foi eleita, pelo “guia 4 rodas”, o lugar eco turístico mais bonito do Brasil. Ela inclui, ainda, a praia Taipú-de-fora, considerada uma das 3 mais belas praias do país.

O acesso para chegar à Península não é fácil, mas as dificuldades são compreendidas quando se deparamos com o empenho da comunidade local em deixar a área o mais preservada possível. É o que explica Úrsula Schoffer Montes, Diretora do Maraú Social e Vice Presidente da Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação. “Os nativos tem treinamentos rotineiros, tendo como foco a sustentabilidade dos destinos. São feitas coletas de lixo,  oferecidos material básico para artesanato, tendo como matéria prima produtos como o coco”.

Península de Maraú
Península de Maraú

“O município fala sobre colocar asfalto na  região, porém, acredito que deve-se priorizar o saneamento básico, melhorando, assim,  a qualidade de vida e mantendo a beleza natural da área” conclui Úrsula

Editado por  Diogo Betin e João Gabriel Oliveira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s