Campinas terá novo local para Orquestra Sinfônica

Por Felipe Lange

A Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas terá um novo local para ensaios. Como o Centro de Convivência Cultural, sede original da Sinfônica, está interditado e sem perspectiva de retorno, a nova casa será o Galpão de Lemos, ao lado da Estação Cultura, que será reformado após o patrocínio da família Garnero. A informação foi divulgada junto com a abertura da temporada 2013 em uma coletiva que reuniu o prefeito Jonas Donizette, o maestro Victor Hugo Toro, o secretário de Cultura Ney Carrasco e o diretor da Sinfônica Rodrigo Morte.

Prefeito da cidade e comissão se reúnem para o anúncio
Prefeito da cidade e comissão se reúnem para o anúncio

Segundo o secretário de Cultura, Ney Carrasco, a reforma do Galpão Lemos não deve demorar porque o local já passou por uma restauração antes. “Como tudo isso não será feito pelo poder público e não será necessário o processo licitatório, a obra deve ser concluída no prazo de 60 a 90 dias”, informou.

Quanto a nova temporada, são previstas 53 apresentações, incluindo 18 nas cidades da Região Metropolitana de Campinas, concertos ao ar livre, em bairros, na Lagoa do Taquaral, na Câmara Municipal, além de concertos em homenagem à Carlos Gomes, no aniversário da cidade e no Natal. “Trabalhando em equipe podemos levar a música de Campinas de volta ao lugar onde sempre mereceu estar”, destacou o novo diretor, Rodrigo Morte.

A temporada de concertos 2013 também traz uma novidade para a população: o público poderá comprar pacotes semestrais que incluem direito a assistir até oito apresentações oficiais. Foram criadas quatro Séries Sinfônicas (Fênix, Andorinha, Ipê e Flamboyant), que podem ser adquiridas em conjunto ou separadamente. Cada série dá direito a quatro espetáculos e as vendas serão feitas na sede da OSMC, na Estação Cultura, até o dia 13 de abril. Cada série custa R$ 120. Estudantes, aposentados e pessoas com idade acima de 60 anos têm desconto de 50% sobre o valor de inteira, mediante pagamento à vista. Na bilheteria, cada entrada custará R$ 30 .

Editado por Diogo Betin e Guilherme Borini

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s