As novelas de Campinas

Por Danilo Pessôa

A cidade de Campinas que, décadas atrás, possuía destaque nacional quando se tratava de cultura, vive um período extremamente complicado. Ficou quase um ano sem nenhum teatro municipal, já que os dois (Castro Mendes e Carlos Gomes) estavam fechados por problemas estruturais.

Castro Mendes é, enfim, reinaugurado

Foi reinaugurado no dia 05 de dezembro o Teatro Municipal José de Castro Mendes, que estava fechado para reformas há mais de cinco anos. A cidade estava há quase um ano sem nenhum espaço público destinado a apresentações culturais, já que o Teatro Carlos Gomes também está lacrado desde janeiro por falta de segurança. Segundo dados da própria Prefeitura, foram gastos mais de 10 milhões de reais para a realização da reforma do Castro Mendes.

A reinauguração do teatro contou com a presença de autoridades da cidade e um terço dos lugares destinados à população. A apresentação ficou por conta da Orquestra Sinfônica de Campinas, com repertório em homenagem ao maior símbolo da música clássica da cidade: o compositor Carlos Gomes.

Castro Mendes

Apesar deste importante acontecimento, parte da comunidade artística da cidade possui algumas ressalvas quanto à utilização do espaço. “Me preocupa a elitização da cultura de Campinas. A programação já agendada para o mês de dezembro é dominada pelos grandes grupos artísticos, não sobrando espaço para os menores se apresentarem”, reclama Gabriel Fariano, do Grupo de Teatro Nós.

Apesar disso, é evidente que a reinauguração do teatro trouxe à população novas opções de lazer. “Estou muito contente com esta reinauguração. Para assistir à espetáculos maiores, era preciso ir para Paulínia ou São Paulo. O Castro Mendes consegue suprir essa necessidade da cidade”, diz o ator Murilo Toledo.

O projeto inicial previa custos de 7,4 milhões de reais. Porém, segundo a prefeitura, este valor saltou para 10,3 milhões para adequar as condições do teatro às exigências da Defesa Civil.

Carlos Gomes, a nova novela campineira

Localizado no Centro de Convivência, um dos símbolos da cidade de Campinas, o teatro Carlos Gomes está fechado desde janeiro deste ano, por problemas de segurança. “Fui em dezembro na última semana de popularização do teatro, e a situação estava precária. Goteiras até no palco”, conta o universitário Éder de Oliveira.

Infelizmente essa é uma história que, ao que tudo indica, terá vários capítulos. O custo previsto para reforma total do espaço é de mais de 40 milhões de reais. Para isso, a atual prefeitura mostrou interesse em realizar parcerias com o setor privado, as chamadas PPP (parcerias público-privado). Entretanto  uma parcela da classe artística da cidade mostrou-se contra essa tentativa. “Estão querendo entregar esse patrimônio da cidade nas mãos da iniciativa privada. Além disso, a audiência pública que ocorreu sobre esse assunto não apresentou garantias à população de como será utilizado esse espaço”, diz Otávio Mancuso, integrante do movimento ‘Pelo CC, Pela Cultura’.

Já o futuro prefeito Jonas Donizete declarou ser contra essa parceria entre prefeitura e setor privado. Sendo assim, ficará por conta do próximo governo decidir o futuro deste importante espaço da cidade. Mas seu futuro ainda é incerto. Não há previsão para o início das reformas.

O Centro de Convivência é um dos símbolos da cidade. É local da Feira Hippie, do teatro Carlos Gomes e ponto de encontro de diversas tribos.
O Centro de Convivência é um dos símbolos da cidade. É local da Feira Hippie, do teatro Carlos Gomes e ponto de encontro de diversas tribos.

Outros espaços

Outros dois espaços da cidade que poderiam ser utilizados para eventos culturais não estão sendo bem aproveitados: a praça Arautos da Paz e a Pedreira do Chapadão. A primeira é utilizada apenas esporadicamente por grandes parques de diversões e companhias circenses, em eventos de final de ano e comemorações do mês de junho. Já a segunda, que já foi palco de diversos shows, está praticamente inutilizada. A prefeitura não tem nenhum evento programado para esses dois locais.

Editado por Mariana Felix

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s