Parlamentares aprovam lei que dá desconto em restaurantes para quem fez redução de estômago

Por Patrícia Gonçalves

A Câmara Municipal de Campinas aprovou no dia 7 de novembro, um projeto de lei que obriga bares e restaurantes a dar desconto de 50% ou meio porção para clientes que passaram por  cirurgias de redução de estômago. Segundo o texto do projeto, o interessado deve informar sua condição ao estabelecimento e comprová-la com um laudo médico.

Para que o projeto do vereador Francisco Sellim (PMDB) entre em vigor, é necessário o aval  dos 23 parlamentares e do Executivo. No entanto, existem algumas regras para que a projeto dê certo. Os comércios serão obrigados a colocar avisos sobre o direto dos clientes.  A proposta é válida apenas para refeições “à lá carte”, “porções” e “rodízio”, mas não inclui consumo de bebidas.

O projeto de lei 47/12, tramitava desde janeiro e foi colocado em votação no dia 7 de maio, mas foi retirado pelo próprio vereador. Francisco Sellin justificou que a intenção  da proposta surgiu devido as reclamações de pessoas que se submeteram à cirurgia de redução de estômago e pagam pelo produto que não consomem integralmente.

INFOOOEditado por Andressa Cruz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s