Pesquisa aponta que 65% dos pais estão nas redes sociais por causa dos filhos

Por Renata Barbieri

Uma pesquisa realizada pela empresa McAfee revelou que 65% dos pais no Brasil estão nas redes sociais para acompanhar as atividades realizadas pelos seus filhos na internet. O estudo foi realizado através de um questionário on-line, em que participaram 401 jovens, de idade entre 13 a 17 anos, e também com 414 pais. Os participantes entrevistados eram das cidades de São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Salvador.

As redes sociais têm causado reações que antes não eram vistas como problemas no dia-a-dia das pessoas. Com a vida exposta, os usuários estão sujeitos a diversas atitudes, sejam dos pais, namorado, marido ou até mesmo de amigos. E os que mais se sentem preocupados, muitas vezes, são os que têm filhos adolescentes expostos ao mundo virtual.

Apesar de alguns estarem presentes nas redes sociais, 48% dos pais acreditam que os filhos têm maior conhecimento de tecnologia e, por isso, não conseguiriam acompanhar o comportamento deles na internet. A pesquisa mostrou também que 33% dos pais dizem não ter tempo e nem disposição para acompanhar tudo que os filhos fazem na web.

Já do lado dos jovens entrevistados, 47% deles dizem não falar aos pais o que fazem na internet e 57% concordam que os pais sabem sobre apenas uma parte de suas atividades, mas não tudo. Quase metade dos entrevistados acredita que os pais não aprovariam seu comportamento, caso descobrissem tudo o que é feito na internet. A pesquisa revela ainda que, 45% dos jovens mudariam o comportamento se soubessem que estão sendo monitorados pelos pais.

A pesquisa, encomendada pela McAfee à empresa TNS, considerou apenas os usuários ativos, ou seja, aqueles que estão conectados à internet de duas a três vezes por semana. No estudo, 87% dos jovens responderam que acessam a rede em pelo menos seis dias da semana, sendo que 33% afirmam navegar em um período de quatro a seis horas por dia. Como contraste, 36% dos pais acreditam que seus filhos passam até três horas na internet.

Editado por Jéssica Kruck.

1 comentário

  1. Esses dados mostram o tamanho do crescimento das mídias interativas e no impacto que ela tem na rotina das famílias. A mudança na maneira em que as pessoas se comunicam afeta o rumo em que a sociedade vai caminhar, estamos vivendo um momento histórico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s