Orçamento para cultura será 65% maior em 2013

Por Thayline Rodrigues

A presidenta Dilma Roussef afirmou no último dia 13 que a ministra da Cultura, Marta Suplicy, irá dispor de aproximadamente 5 bilhões de reais no ano que vem. Cerca de 2,2 bilhões desse total serão mobilizados graças a Lei Rouanet, que possibilita as pessoas jurídicas e físicas aplicar uma parte do imposto de renda devido em ações e projetos culturais. Trata-se de um aumento de 65% em relação ao que foi arrecadado em 2012. Nos últimos 10 anos, o país obteve um acréscimo de 900% nos recursos.

Embora o valor previsto para 2013 seja recorde, há condições de crescer ainda mais. “O Brasil é um dos poucos lugares do mundo em que se pode escolher onde parte do valor dos impostos pode ser investido, porém, poucos sabem que isso é possível”, comentou Carlos Gayotto, criador do Partio, que possibilita o investimento de empresas e pessoas em projeto culturais. O Partio inaugurou sua plataforma online em 6 de outubro, e, além de fazer a ponte entre incentivadores e produtores de cultura, mostra que reverter imposto é algo mais simples do que todos imaginam. “Estamos investindo em muitos vídeos explicativos para acabar com esse preconceito. As pessoas verão como é fácil, basta entrar no site e em três minutos você reverteu seu imposto em cultura.” completou Carlos.

A possibilidade da reversão através de uma plataforma online dá a chance para as pequenas e médias empresas incentivarem a cultura brasileira, além de encorajar as pessoas a fazerem o mesmo. A Lei Rouanet, que completa 20 anos, soma 12 bilhões de reais investidos no setor e foi modelo para criação de outras leis de incentivo, como por exemplo a Lei do Esporte.

O investimento em cultura feito por grandes empresas colabora para o bem coletivo e agrega também ao incentivador, que passa uma imagem estável ao cliente e pode ser um diferencial entre os concorrentes. O percentual disponível para o investimento é de 6% para pessoa física e 4% para pessoa jurídica, deduzidos do imposto de renda do ano seguinte.

Editado por Bruna Trindade

9 comentários

  1. Bem interessante o Partio, parece ser muito simples isso de reverter imposto em cultura, pensava que era uma burocracia eterna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s