Há 90 anos no Brasil, rádio ainda tem preferência popular

Por Giovana Seabra

Em pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos Marplan, 74% dos entrevistados afirmaram que ouvem rádio com frequência. Essa porcentagem equivale a, aproximadamente, 37 milhões de pessoas.

Mesmo com a difusão de dispositivos móveis, 81% afirma que opta pelo rádio quando está em casa. Fora dela, a predominância é mesmo dos celulares: 83% ouve música através do aparelho.

Mesmo assim, o veículo que completa neste mês 90 anos de presença no Brasil, expandiu sua abrangência em classes sociais diferentes. O rádio alcança 42% das pessoas que integram as classes A e B e 46% da classe C.

O maior público é feminino, com 52% contra 48% do masculino. Quanto à faixa etária, o maior percentual dos ouvintes está entre 25 e 34 anos, das classes A ou B.

O fato de que o rádio pode ser consumido paralelamente a outras atividades contribui para que os índices de preferência continuem em alta. A maioria dos entrevistados afirma que ouve rádio enquanto realiza outras tarefas, como dirigir ou trabalhar, com o objetivo de se distrair, passar o tempo ou ouvir programas específicos.

E você? Com que frequência ouve rádio?

_
Editado por Michelle Lopes

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s