Comer ovo pode ser mais prejudicial que a nicotina

Por Larissa Dias

Uma pesquisa realizada na Western University, no Canadá, revelou que comer três ovos ou mais por semana pode fazer mal à saúde tanto quanto o cigarro.

Aproximadamente 1200 homens, com idade média de 61 anos, participaram da pesquisa. Todos tiveram a obstrução arterial medida e responderam um questionário sobre estilo de vida com perguntas sobre medicamentos, cigarros e também o consumo de ovos.

Aqueles com pouco mais de 40 anos e que comiam no mínimo três ovos por semana, apresentavam um aumento bem significativo no acúmulo de placas de gordura nas artérias, quando comparados aos que consumiam até dois ovos. Os mesmos mostraram uma saúde arterial tão ruim quanto os homens viciados em nicotina. Mas não se referem a qualquer fumante, e sim aqueles que fumam quase um maço por dia ou mais.

A ciência explica que a gordura na artéria atrapalha o transporte de sangue pelo corpo e as consequências podem ser graves, como um infarto e até mesmo um derrame. A gema do ovo é parte que contem mais colesterol, fator principal para essas doenças cardíacas.

_

Editado por Natália Beraldi

12 comentários

  1. É o tipo de informação que as pessoas desconsideram, porém de extrema importância!
    As pessoas deveriam ficar mais atentos com tais detalhes.

  2. É, tem muito mais coisa que faz mal para nossa saúde do que imaginamos … Daqui a pouco não vai ter mais o que comer, tudo faz mal de alguma forma.

  3. Informação sem maiores detalhes e imparcial. Gordura saturada e colesterol pode ser uma das causas de infarte, e sim, nos ovos encontramos quantidades desses 2. Vamos lá, quantas coisas consumimos que contém colesterol e gorduras saturadas? Muitas. A ingestão de ambos é inevitável, e inclusive necessária. Agora, não vamos culpar os ovos, fontes de proteína de alta qualidade, por seres os novos vilões da saúde. Vejo um fumante ao ler essa notícia sair por aí dizendo: “ah, seu comedor de ovo, sou tão saudável como você”. Faça exercícios, tenha uma alimentação balanceada, e inclua os ovos, sem preocupações, em sua dieta.

    Aqui vai um link (em inglês) de uma publicação, que cita várias fontes e mostra pesquisas e seus resultados. http://www.eurekalert.org/pub_releases/2008-08/epr-awe080408.php

  4. Com todo respeito, acho que numa matéria desta importância valeria ouvir um especialista em nutrição ou cardiologia etc., para confirmação das informações ou postar o link da pesquisa para aprofundamento dos dados pelo leitor.
    Da forma como está, essa matéria dá “voz” só para uma fonte…
    Sempre que procuramos encontramos contradição e opinião divergente. #ficadica

    1. concordo plenamente; como Consultor em Avicultura há mais de 30 anos, comparar os males da nicotina com os “males ” do ovo é no minimo estranho e sensacionalista,

      ! por favor ,estude um pouco mais,antes de escrever! voce ja está começando mal a carreira.

  5. Acho que cuidado e prudência são fundamentais para se publicar um artigo como este.
    Não houve sequer o cuidado em verificar outras fontes de informação, que por sinal, confirmam que este artigo é improcedente e incompleto.
    O ovo é um alimento saudável que tem suas particularidades como qualquer outro alimento. Sugiro mais cuidado.

  6. Infelizmente, tenho que concordar que a matéria apesar de interessante é incompleta, vejamos, afirmar que os 1200 foram questionados sobre o consumo de ovos é muito vago, sabemos que outras culturas tem o hábito de comer por exemplo ovos mexidos com bacon (dai minha pergunta) Será “apenas será” que o grande vilão não seria o bacon? Senão, penso eu, os fisiculturistas por exemplo estão com os dias contados, rs.
    Parabéns pela matéria, mas se o intuito é orientar e esclarecer, pesquise mais a fundo, inclusive outras fontes e publique.

  7. Olá! Agradeço os comentários, elogios e críticas.
    A intenção desse noticiário foi informar uma pesquisa realizada na Western University, no Canadá. A pesquisa fala do quão prejudicial pode ser comer mais de três ovos por semana e, para ilustrar e exemplificar, foi comparado com a nicotina, da mesma forma que poderia ser comparado com qualquer outra substância e/ou alimento.
    No noticiário, ainda expliquei a causa do prejuízo: “a gordura na artéria atrapalha o transporte de sangue pelo corpo e as consequências podem ser graves, como um infarto e até mesmo um derrame.”
    Não foi consultado nenhuma fonte exatamente porque a intenção era apenas informar a pesquisa, como uma curiosidade.
    Obrigada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s