Brasil aumenta investimento em educação mas está longe do ideal

Por Evandro Rosa

Foi divulgado na última terça-feira (11), uma pesquisa mostrando que o Brasil ainda investe pouco no ensino superior. A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) mostra que o país ocupa a  23ª posição, em um grupo de 29 analisados. Segundo o estudo, o Brasil investe em média 0,8% do Produto Interno Bruto (PIB) nessa fase da educação, e é o país que registrou o maior aumento de investimentos na área no período de 2000 a 2009.

Foram analisados um total de 42 países, porém nem todos apresentaram dados para alguns dos quesitos, motivo para que em algumas análises a quantidade de países varia.

Mesmo com o aumento de investimento, a quantidade de recursos destinados à educação ainda é baixa se comprada com o PIB. De acordo com os dados o Brasil destina cerca de 5,55% do PIB, enquanto a meta dos países participantes da OCDE é de 6,23%.

Durante o período analisado pela pesquisa, o Brasil foi quem registrou maior aumento na taxa de investimento de recursos públicos na educação, passando de 10,5% para 16,8%.

No seu relatório, a OCDE reforça a importância do investimento em educação para a geração de empregos. Segundo os dados a taxa de ocupação das pessoas com curso superior é de 85,6%, caindo para 77,4% com ensino médio completo e 68,7% para os brasileiros sem o ensino secundário.

Lideram o ranking dos países que mais investem em educação Austrália, Finlândia, Irlanda e Suécia.

Editado por Natália Beraldi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s