Aplicativos para smartphones possibilitam comunicação gratuita

Por Giuliana Ananias Wolf

De acordo com pesquisa realizada pela Nielsen, a disponibilidade de planos de dados, até mesmo para os celulares pré-pagos, é um dos fatores que fez o brasileiro querer adquirir um celular mais moderno. A mesma pesquisa revelou que nos próximos 12 meses, a compra de smartphones representará 27% das aquisições tecnológicas dos brasileiros.

Beneficiados pela baixa dos preços dos smartphones, usuários têm acesso a aplicativos que desempenham gratuitamente a mesma função que, até então, somente as operadoras de celular podiam. Em geral, os aplicativos funcionam da seguinte forma: após os usuários instalarem o aplicativo, quando conectados à internet, seja através de pacote de dados fornecido pela operadora, seja através de uma conexão wi-fi, podem interagir, fazendo chamadas ou envio e recebimento de mídias e sms.

Quais são esses aplicativos?

No começo de 2012, houve o ‘boom’ do WhatsApp, aplicativo que permite o envio de mensagens, compartilhamento de fotos, vídeos, áudio e até localização, tudo gratuitamente. A última estimativa divulgada indicou que diariamente, cerca 1 bilhão de mensagens são enviadas por usuários do mundo todo.

Segundo Fabio Costa, 22, rapidez e facilidade são as grandes vantagens do uso: “O aplicativo fornece ferramentas que facilitam muito a vida no dia a dia. Acho muito prático fazer o compartilhamento da minha localização atual com apenas alguns toques na tela do celular, facilita o encontro entre pessoas. Hoje eu moro aqui (Estados Unidos), mas continuo trocando mensagens com os amigos do Brasil porque é de graça. Posso mandar fotos e vídeos das coisas novas que vejo ou faço na hora.”

 Já o Viber, aplicativo que permite a própria ligação telefônica entre dois aparelhos, é uma alternativa para quem busca controlar os gastos em telefonia móvel. Para o estudante de engenharia da computação, Calil Jorge Neto, o Viber é vantajoso, ainda que se tenha que pagar o pacote de dados da operadora. “Vale a pena comparado ao custo de chamadas, pois eu faria ligações interurbanas e o custo da operadora é extremamente alto”.

grafico custo pacote de dados
Tarifas podem variar de R$0,50 por dia de uso (Claro e Tim), até os R$200 mensais (Vivo). Ainda assim, os usuários aprovam.

Para a estudante Sarah Brito, no entanto, ainda deve haver um aperfeiçoamento do aplicativo, pois, segundo ela, há falhas na comunicação e a ligação chega a cair diversas vezes. Porém, manter o pacote de dados para utilização de programas como o WhatsApp compensa.

 As opções, aliás, não aparecem somente quando a escolha é a economia. Desde 2009, o Grindr, aplicativo voltado para o público homossexual, vem agregando usuários. Como um tipo de bate-papo, assim que conectado à rede, o programa mostra pessoas que também estejam online e disponíveis para conversar em um raio de distância definido pelo próprio usuário. Ou seja, utilizando o GPS, o programa faz um mapeamento e permite que cada qual saiba quem e quantos estão ao redor.

O fato de serem gratuitos auxilia na disceminação dos aplicativos, uma vez que grupos específicos são formados a partir de sua utilização. Segundo Anderson Sasaki, engenheiro de computação, as empresas que desenvolvem os aplicativos, ao disponibilizá-los gratuitamente, estão também em busca de encontrar e reconhecer esses grupos. O retorno do investimento pode acontecer tanto por  anúncios que estejam presentes na interface, como pela observação de comportamento dos usuários.

Editado por Stephanie dos Santos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s