Estágio é a melhor opção para o ingresso no mercado de trabalho

 Sheila Firmino 

A estudante de educação física, Rosemeire de Santana recomenda fazer estagio em período de graduação.

Estagiar durante a faculdade é considerado um dos melhores meios  para que o aluno ingresse no mercado de trabalho. Além de trabalhar apenas 30 horas semanais, ele têm direito a recesso remunerado e auxílio transporte, benefícios que não existiam antes da nova Lei de Estágio (11788/08) entrar em vigor. 

Responsável pelo relacionamento entre instituições de ensino e organizações empresariais, no Centro de Integração Empresa Escola – Unidade Campinas (CIEE), Fabiana Carla Grigolletto esclareceu que, quando a Lei de Estágio (11788/08) foi sancionada, os contratantes tiveram certo receio por não saberem muito sobre o assunto, mas mesmo assim, as empresas não deixaram de trabalhar com estagiários, e a resistência foi diminuindo com o passar dos meses, fato que comprovou a importância do estágio para movimentar a companhia, formar talentos, treinar e desenvolver futuros profissionais adequados ao perfil de cada lugar.

“Para o estudante, o estágio proporciona iniciação profissional e possibilidades de ingresso no mercado de trabalho, convívio empresarial, acesso às novas tecnologias, desenvolvimento de competências, além de auxiliar nas despesas escolares”, afirmou Fabiana Carla.

Vagas em todo o país

Hoje, o Brasil dispõe de mais de 900 mil vagas para quem busca uma oportunidade de estágio, conforme apontam dados estatísticos sobre o ensino médio e superior, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (MEC/ INEP). Deste total, 650 mil são destinadas à estudantes universitários, mas apenas 12,8 % deles conseguem uma colocação no mercado de trabalho. Um percentual baixo, visto que, anualmente, ingressam no ensino superior 1,5 milhão e se formam 800 mil, o que equivale a 53,3 % do total de alunos que iniciam na vida acadêmica.

Planos desde o início

Logo que iniciam um curso universitário, muitos estudantes planejam realizar um estágio, mas para a maioria, o desejo de conseguir uma colocação no mercado desde o primeiro ou segundo semestre de seu curso, nem sempre é possível. O projeto pedagógico de cada curso é um determinante para os alunos começarem a estagiar, pois muitos só permitem a contratação dos alunos que estejam cursando a partir do quarto semestre. “Eu acho muito importante estagiar enquanto estamos estudando, pois vivenciamos na prática aquilo que aprendemos na teoria”, afirma a estudante de educação física, Rosemeire de Santana.

Fabiana Carla Grigolletto salienta que muitos cursos permitem que o universitário ingresse no mercado a partir do primeiro ano, como por exemplo, as graduações de Administração, Ciências Contábeis e Publicidade e Propaganda, mas  “Existem cursos em que o estágio pode demorar um pouco mais para ser liberado, como por exemplo, Enfermagem, Fisioterapia e Educação Física porque os conselhos de classe orientam que esses estudantes possuam um pouco mais de conhecimento antes de irem a campo”.

Várias empresas contratam e preferem o serviço de estudantes com graduação em andamento, porque além de ser uma alternativa para suprir a carência de talentos que muitas companhias enfrentam atualmente, o estagiário é uma opção mais barata para o empregador do que um colaborador efetivo, por não  ter vínculo empregatício e assim, não gerar tantos encargos durante a sua contratação.

Estatísticas

Confira abaixo um comparativo entre o número de alunos em instituições de ensino superior por região do país e desse total, qual é a estimativa de estagiários, segundo a Associação Brasileira de Estagiários (ABRES).

 

Quatro competências que todo o estagiário precisa ter:

Segundo Pontes, nos primeiros semestres de um curso, as seguintes competências são importantes para aqueles alunos que buscam colocação e destaque entre os demais: capacidade para trabalhar em equipe, competência de síntese para transmitir ideias, habilidade para liderar pessoas em grupos, disposição para analisar problemas e propor soluções.

Para mais informações e dados sobre estágios e cursos em todo o Brasil, acesse o site da Associação Brasileira de Estágios (ABRES).

Editado por Monique Ribeiro

4 comentários

  1. Eu acho muito importante estagiar nesse período de faculdade. É o momento de errar e aprender com o erro. É o momento para tirarmos todas as nossas dúvidas. É o momento para cultivarmos aquilo que estamos aprendendo em sala de aula etc.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s