Etecs oferecem vagas remanescentes para curso de capacitação de profissionais sem diploma

Bruno Moreira

Curso oferece capacitação para profissionais já inseridos no mercado

Profissionais que atuam no mercado de trabalho e não  fizeram uma faculdade ou um curso técnico podem concorrer a vagas remanescentes do Vestibulinho das Etecs (Escolas Técnicas Estaduais) para o segundo semestre deste ano. Estudantes de curso superior que já possuam experiência também podem aproveitar a opção e conseguir a certificação antes mesmo da conclusão do curso.

As inscrições vão até o próximo dia 17, apenas pelo site www.vestibulinhoetec.com.br. No último dia, o prazo termina às 15 horas. O manual do candidato está disponível para download no mesmo site. A taxa de inscrição é de R$ 25.

Por meio da modalidade, são 13 cursos técnicos mantidos pelo Centro Paula Souza, instituição ligada ao governo estadual, que oferecem a certificação por competências: Administração, Alimentos, Contabilidade, Eletrônica, Eletrotécnica, Informática, Informática para Internet, Logística, Mecânica, Mecatrônica, Nutrição e Dietética, Química e Secretariado.

“Para cursar é necessário possuir diploma do ensino médio e ter experiência profissional na área escolhida” explicou a Secretaria de Estado da Educação, em nota, ao ser consultada pelo Digitais. Além disso, o candidato ainda terá que passar por uma prova escrita de múltipla escolha, uma prova prática e uma entrevista para comprovar a experiência.

Os cursos técnicos oferecidos pelo centro geralmente têm três módulos, de acordo com pasta. Porém, como os profissionais incluídos na seleção já conhecem parte do conteúdo das aulas por conta da experiência na área, eles iniciarão o curso a partir do segundo módulo.

Somente em Campinas há duas Etecs: a Bento Quirino, na Vila Estanislau (Avenida Orosimbo Maia, 2.500), e a Conselheiro Antonio Prado, no Jardim Santa Mônica (Avenida Cônego Antônio Roccato, s/n°). Ainda na RMC (Região Metropolitana de Campinas) há oportunidades em Americana, Hortolândia, Itatiba, Monte Mor, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste.

Para saber o que é preciso para conseguir a certificação clique aqui

Editado por Bárbara Bretanha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s