Manifestantes de Campinas se unem à ato nacional de protesto aos maus-tratos animais

Bárbara Bretanha

Manifestantes do Crueldade Nunca Mais se reúnem em Campinas, SP

Dar voz a quem não possui é o objetivo dos ativistas de Campinas que participam  neste sábado (5) do ato nacional de protesto contra os maus-tratos aos animais organizado pelo movimento “Crueldade Nunca Mais”. O objetivo do pedágio, realizado das 12h às 17h, no Centro de Convivência Cultural, no Cambuí, é coletar assinaturas para enviar ao Senado, em uma tentativa de convencer a comissão de juristas que está trabalhando no novo Código Penal a contemplar penas mais duras para os atos de crueldade contra os animais.

Uma comissão de juristas vai concluir o texto do anteprojeto do novo código referente à Lei dos Crimes Ambientais (9605/98) entre a segunda-feira (7) e a sexta-feira (11). O artigo 32, que trata da criminalização dos atos de crueldade contra os animais, integrará um capítulo do novo Código. O movimento quer penas mais severas para os atos de crueldade e está trabalhando com o apoio de dois promotores de Justiça para finalizar um texto para substituir a lei atual – esse texto será encaminhado, junto das assinaturas, para a comissão, no Senado.

O pedágio é a segunda iniciativa do movimento que, em 22 de janeiro deste ano, realizou manifestações contra a crueldade em mais de 200 cidades brasileiras e reuniu, de acordo com a organização do evento, mais de 100.000 brasileiros em protesto.

Maus-tratos
A Delegacia de Proteção aos Animais de Campinas registra entre 60 e 70 casos por mês de maus-tratos contra os animais. Segundo informações do Disque-Denúncia, o número de ligações relacionadas aos maus-tratos de animais subiu em 122,7% no último ano. Foram feitas 571 reclamações em 2011 contra 257 em 2010.

lei 9.605/98  trata de crimes ambientais, os maus-tratos contra animais domésticos, nativos ou exóticos são punidos com pena de detenção que varia de três meses a um ano, além de multa.

Denuncie
Para fazer uma denúncia anônima contra a crueldade animal, ligue para (19) 3236-3040. Se quiser opinar ou sugerir medidas de proteção aos animais em relação ao novo Código Penal, clique aqui para enviar uma mensagem ao Senado.

Ato do Crueldade Nunca Mais reclama ao Senado punição mais severa para infratores de lei ambiental que protege animais, em Campinas, SP

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s