Candidatos a estágio estão perdendo vagas por erros de português, aponta pesquisa

Gabriela Rossi

O Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) divulgou recentemente uma pesquisa que indica que 40% dos candidatos a vagas de estágio reprovam nos processos seletivos por não conseguirem bom desempenho nos testes de Língua Portuguesa.

O teste foi aplicado a seis mil estudantes, que tinham 30 palavras para escrever e um limite aceitável de até seis erros. Os alunos dos cursos de artes, matemática e pedagogia, respectivamente, foram os que mais cometeram erros.

Na contramão destes cursos, os alunos de engenharia e direito foram os que melhor se saíram no teste, eles obtiveram, respectivamente, 74,48% e 82,75% de aprovação. Os alunos do curso de jornalismo obtiveram o índice de 49,45% de erros. Já com relação às diferenças de nível superior e médio o índice de reprovação foi de 39,78% para alunos de nível superior e tecnológico e 36,73 % dos alunos de nível médio e técnico.

A estudante do terceiro ano de Publicidade e Propaganda Thaís Meroni passou por diversos testes até ser selecionada para o estágio em uma empresa multinacional. “Eu fiz teste de inglês, informática, redação em inglês e redação em português. Me preparei para todos eles e me saí bem na redação, isso contou muito na seleção final”.

O analista de comunicação corporativa Alexandre Boldrin avalia que não só erros de ortografia desqualificam o candidato, para ele os vícios de linguagem também influenciam negativamente a imagem do candidato em um processo de seleção. “Não há mal algum em ter vícios de linguagem, mas é preciso ter cuidado na hora de fazer um texto, pois na linguagem corporativa um “tipo assim”, por exemplo, não pode estar presente”.

Além disso, ele afirma que outras habilidades podem ser testadas no momento da redação. “A agência de RH contratada pela empresa aplica, dentre outros, o teste de português também, mas quando o candidato vem para a entrevista aqui eu também aplico uma redação para testar a capacidade de trabalhar sob pressão e de desenvolver um tema, já que o candidato vem sem saber que terá mais este teste. Redação para mim é um critério de corte”, diz.

E você, se garante no português? Faça um teste de ortografia aqui e descubra se está mandando bem em nossa língua.

Editado por Bárbara Bretanha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s