Cidades da RMC superam média estadual do sistema público de saúde

Uma cidade com pouco mais de oito mil habitantes (dados de 2004) está no topo da lista das cidades da Região Metropolitana de Campinas, no Índice de Desempenho do Sistema Único de Saúde (IDSUS). Holambra ganhou o primeiro lugar no pódio com uma nota de 6,74 e é, por tanto, a município com melhor Sistema Público de Saúde da RMC.

Campinas, a maior cidade da região com mais de um milhão de habitantes, ficou com o terceiro lugar. Chama atenção a classificação da cidade, dadas as notícias relacionadas área de saúde pública no município. No mês de março, o posto de saúde da região central – que atendia urgências e emergências – foi fechado para reforma: uma opção a menos para quem depende do Sistema Único de Saúde. Não demorou e o Hospital Celso Pierro, da PUC-Campinas, divulgou uma nota informando que não tem capacidade para receber mais pacientes.

Seguindo os dados da pesquisa, Vinhedo teve a pior classificação da região. A cidade é conhecida pelos condomínios de luxo e por uma população com renda per capita maior que a média da RMC. As notas das 19 cidades variaram de 4.54 à 6.74. A médias nacional foi de 5,47, superada pela da região Sudeste que foi de 5,56. O estado de São Paulo recebeu 5,77 no IDSUS.

Os dados desta pesquisa correspondem ao período de 2008 à 2010. O índice considera os diferentes níveis de atenção (básica, especializada ambulatorial e hospitalar e de urgência/emergência). Para a realização do cálculo, a pesquisa foi dividida em seis grupos homogêneos, considerando o tamanho da cidade e os serviços que presta na rede pública de saúde.

1 comentário

  1. Fico me perguntando como Holambra conseguiu esse índice se não tem hospital e nem Pronto Socorro. Vale lembrar q o índice em questão se baseia nos dados alimentados pelos municípios no DATASUS que é o sistema que integraliza as informações nacionais. Até onde eu sei Holambra manda seus pacientes, quando precisam de internação, para o Hospital Samaritano Campinas, através de um convênio firmado contrariando todas as regras do Sistema Único no quesito regulação e e regionbalização da saúde e contra a decisão do conselho municipal daquela cidade contrariando o quesito do controle social. Então, vale a regra: nem tudo que reluz é ouro! Ótima a iniciativa do Ministério da Saúde de pontuar os municípios, mas qualificar a coleta e inserção de dados no sistema DATASUS é fundamental para não refletir uma situação que não seja a real. Dica: Eu perguntaria aos munícipes o que eles acham do Sistema de Saúde do Município de Holambra para que a matéria não fale apenas de um dos lados do fato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s